CUIDADOS

Mitos e verdades sobre alimentação correta para os cães!

Nos últimos tempos muito se fala sobre a importância de oferecer uma alimentação mais “natural” aos cães, portanto, muitas pessoas acabam interpretando essa informação de forma errônea, e que na maioria das vezes prejudica (e muito!) a saúde do cachorro. Com isso surge a dúvida: qual a alimentação correta para os cães?

Vamos esclarecer de uma vez por todas essa dúvida que  atormenta vários tutores de cães. Você vai descobrir se pode ou não dar “comida de panela” para seu cachorro, além disso, vamos esclarecer mitos e verdades sobre diferentes tipos de alimentação. Com isso, você saberá de uma vez por todas qual é de fato a alimentação correta para os cães. Vamos lá?!

Cães adultos e filhotes podem se alimentar apenas de comida, é mais saudável!

Mito!

Muitos veterinários concordam que uma alimentação natural pode ser benéfica para os cães, acontece que existem alguns “poréns”. Por exemplo, filhotes não podem, de forma alguma, alimentar-se com comida pelo menos nos primeiros 6 meses de vida.

Os filhotes precisam ainda mais de cuidados do que os cães adultos quando falamos sobre alimentação. Eles estão em fase de crescimento e desenvolvimento do sistema de defesas do corpo, consequentemente, precisam de cuidados em dobro.

Portanto, é preciso que a alimentação seja de altíssima qualidade! Como é o caso das rações específicas para a raça, porte e idade do cachorro.

Para os cães adultos, é preciso se atentar também a alimentação. Nessa fase é preciso equilibrar a alimentação para que a fase idosa chegue de forma confortável sem grandes complicações de saúde.

Uma alimentação apenas com comida para cães de qualquer idade, não garante toda a proteção que seu melhor amigo precisa. Além disso, é preciso equilíbrio quanto a alimentação “natural”.

Existem alimentos específicos que podem ser oferecidos ao seu cão, não é qualquer alimento que pode ser consumido. Experimente intercalar. Pelo menos 80% da alimentação do seu cão deve ser à base de rações de qualidade e 20% comida natural, e o mais importante, sempre com o Ok do veterinário!

Posso alimentar meu cão com a mesma comida que consumo!

Mito e Verdade!

Não fique confuso com essa resposta, como respondemos acima, não é qualquer tipo de alimento que pode ser oferecido ao seu cachorro. Existe uma alimentação correta para os cães que deve ser seguida por quem deseja inserir alimentos em suas dietas.

Os únicos alimentos que devem ser oferecidos aos cães são: frango, legumes como batata e cenoura, algumas verduras específicas. Ainda existem controvérsias sobre o arroz.

Na verdade existe muita controvérsia sobre a alimentação natural para os cães. Há veterinários que defendem com unhas e dentes, e aqueles que abominam. Portanto o mais indicado é ter o aval do veterinário, que na maioria das vezes, orienta manter o equilíbrio entre ração e alimentação natural. Procure respeitar aqueles limites informados 80% e 20%.

Ok, não posso abrir mão da ração, mas posso dar qualquer marca, todas são iguais!

Mito

Mito, e dos grandes! Optar por rações “mais baratas”, pode ser uma atitude pouco inteligente e egoísta com seu cão.

Além de proporcionar um alimento que não fornecerá tudo o que é preciso nas diferentes fases de crescimento, essa ração poderá ocasionar problemas que se converterão em despesas ainda maiores com o tratamento.

As marcas não são iguais. Primeiro, não espere ter os mesmos benefícios de uma marca conceituada e indicada pelos principais veterinários, em uma  ração que está em promoção no supermercado. É como comparar a comida de um bistrô com a de um boteco, pode até ser que ambas sejam gostosas, mas, certamente, não terão a mesma qualidade.

Procure alimentar seu cão com a ração indicada pelo veterinário, que será de acordo com a saúde e fase que seu cão se encontra.

E aí, esclarecemos suas dúvidas sobre a alimentação correta para os cães? A palavra guia para esse assunto, como pôde observar é, certamente, equilíbrio. Equilíbrio com a orientação do veterinário, claro!

Entenda, que nem tudo que comemos é bom para eles, além disso, tenha atenção a alimentação do seu cão e proporcione longevidade à ele.