CUIDADOS

Orientação sobre saúde: principais doenças entre cães

Conheça e entenda melhor as principais doenças caninas, procure a prevenção, diagnóstico precoce é muito importante, para que tenhamos tempo de cura, e lembre-se, a melhor prevenção é a vacina anual, não deixe seu cão desprotegido.

Fique atento a qualquer mudança de comportamento, de apetite, saúde da pele e até no humor do cão, pequenas alterações podem indicar problemas graves.

Vamos descrever neste artigo, as principais doenças que devemos ficar atentos.

Raiva canina

Cuidado com as mudanças comportamentais relevantes:

  • raramente atende quando o dono o chama;
  • muitos hábitos alterados;
  • late ou morde o ar sem motivo aparente como se houvesse moscas;
  • muitos cães recusam os alimentos e passam a comer suas próprias fezes;
  • salivam demais.
  • costumam fugir da residência.

O período de incubação de algumas doenças é bastante longo, e pode durar de alguns dias até seis meses.

Cinomose 

Quando o filhote não deve sair de casa sem as vacinas recomendadas, e anualmente manter o cuidado e deixar seu cão livre e protegido de doenças. Achamos importante que todo pai ou mãe de cachorro entenda um pouco mais sobre a cinomose.

É uma doença bem grave, pode causar sequelas, ou até mesmo a morte do animal.

É uma doença dos caninos transmitida de cachorro para cachorro, ou por objetos infectados, então se o cachorro não for vacinado, tem grande chance de contrair a doença.

Sintomas simples, como vomito, diarreia, tosse, espirro, acomete o sistema nervoso, sistema respiratório e também digestivo.

Se atente ao histórico do animal, se necessário faça exames de sangue para detectar, porém é indispensável à supervisão de um profissional.

Doença Períodontal

Seu pet tem mau cheiro na boca? Vários fatores influenciam na doença periodontal, ocorrendo principalmente em cães idosos, com pré-disposição genética, hábito alimentar.

Realize as escovações diárias, ou no mínimo três vezes por semana para que seu cão não sofra com esse problema. Placa bacteriana é bem ruim, assim como nós sofremos de dor de dente, nossos cachorros também sofrem do mesmo mal, cuidado em alimentar os cachorros com comida natural.

Parvovirose

Altamente perigosa para o seu animal, é uma doença causada por vírus, muitas vezes acontecem em cães jovens que ainda não tomaram as vacinas necessárias. O mais importante, cuidado com passeios, pois o cãozinho poderá contrair a doença por conta de resíduos deixados na rua por animais infectados.

Sabe aquele hábito que o cachorro tem de cheirar xixi ou fezes deixados em árvores por outros animais? Cuidado! Poderá estar com algum vírus, e acabará lhe trazendo problemas.

Brucelose canina

Não muito comum, porém não menos importante que as outras doenças. Os cães na puberdade, em época de reprodução, são mais suscetíveis a essa bactéria Brucellas Canis, doença infectocontagiosa, vários mamíferos estão sujeitos a essa bactéria, não somente os cães, permanece fixada nas regiões genitais. 

Já os gatos são resistentes a essa doença. A brucelose é uma zoonose, o que significa dizer que, trata-se de uma patologia infecciosa que pode ser transmitida aos seres humanos.

Diagnósticos: causada por uma bactéria, acomete vários sistemas, normalmente acontece em fêmeas por conta do trato reprodutivo, um dos sinais característicos é o aborto ou às vezes o filhote nasce e logo vem a óbito.

Cuidado com a placenta quando a cadela estiver parindo, pois pode ser um meio de contaminação para nós. A bactéria pode entrar por mucosas. Use luvas e máscaras, ao manipular o animal e quando forem realizar esse procedimento, todo cuidado é pouco. 

Nos cães machos pode ocorrer inflamação nos testículos e eles ficarem estéreis. 

A via de contaminação é a digestiva. Alimentos, água, principalmente pastos contaminados com bactérias Brucellas, vigilância dos restos placentários é muito importante para que não tenha contaminação. Assim, como em nós seres humanos, a transmissão entre os cães, também poderá correr através das mucosas.